Social Media Icons

Top Nav

CHRISTIAN BORCHGREVINK

fev. 5, 2021 0 comments



PROVAVELMENTE FRUTO DA POSIÇÃO EM QUE JOGA, CHRISTIAN BORCHGREVINK NÃO RECOLHE O ENTUSIASMO DE OUTROS JOVENS JOGADORES NORUEGUESES, MAS NEM POR ISSO O LATERAL DIREITO DO VÅLERENGA IF DEIXA DE SER, PARA A SUA POSIÇÃO, TÃO GERACIONAL COMO SÃO ERLING HAALAND OU MARTIN ØDEGAARD.

Depois de remetido a um papel secundário e esporádicas aparições ao longo das temporadas anteriores, é justo considerar Christian Borchgrevink uma das maiores revelações da época norueguesa. O lateral direito do Vålerenga IF assumiu em 2020 um papel de relevância máxima na equipa de Oslo e foi fundamental para a boa campanha encetada pelo conjunto orientado por Dag-Eilev Fagermo, terceiro classificado na Eliteserien passada. Um sucesso para o qual muito contribuiu o jovem lateral de 21 anos, responsável por um golo e cinco assistências da equipa da capital norueguesa.

Até ao começo da temporada 2020, Christian Borchgrevink registava apenas quinze presenças na equipa principal do Vålerenga IF em três temporadas, tendo mesmo passado a época 2019 por empréstimo no Notodden FK. Internacional jovem por todos os escalões noruegueses – é um dos membros da geração de ouro que marcou presença no Europeu Sub-19 de 2018 e no Mundial Sub-20 do ano seguinte -, há muito que Borchgrevink prometia o que acabou por cumprir em 2020, mas nem o mais otimista dos adeptos do clube de Oslo poderia esperar uma temporada de afirmação tão efetiva do jovem lateral direito.

Natural de Oslo e ao serviço do Vålerenga IF desde os nove anos de idade, Borchgrevink cumpriu um sonho em 2020 e parte para a nova temporada com os olhos postos noutro: levar o Vålerenga IF ao título norueguês que lhe foge desde 2005. Com um plantel recheado de grandes jogadores, um dos melhores treinadores da liga e face à debandada que vai ocorrendo em Bodø, o Vålerenga IF assume candidatura principal à prova em 2021, principalmente, se à entrada para a temporada, como parece ser o caso, mantiver intacta a base de jogadores que compõem o clube.

Um deles, lá está, o seu lateral direito, Christian Borchgrevink. Qual Trent Alexander-Arnold, um jogador absolutamente determinante pela sua envolvência no ataque e qualidade na distribuição ao nível dos melhores laterais do Mundo. Cada cruzamento de Borchgrevink é uma assistência em potência e não surpreende, por isso, que tenha terminado a época 2020 como o terceiro lateral com mais passes para golo na Eliteserien. Podiam, até, ter sido mais, já que o registo de assistências esperadas de Borchgrevink foi superior ao de assistências reais, tendo sido, por isso, traído pelos próprios colegas de equipa.

Forte na condução de bola – mas algo receoso de o fazer - e com um pulmão inesgotável, basta olharmos para o mapa de calor da temporada passada de Borchgrevink para ficarmos cansados. Lateral de propensão ofensiva impressionante, Borchgrevink é um autêntico desequilibrador sobre o corredor direito com números dignos de lateral de equipa grande. Sempre em alta rotação e numa postura pró-ativa, de grande agressividade positiva, é muito forte a intercetar passes adversários e ainda mais forte na altura de definir.

Praticamente metade dos seus cruzamentos encontraram um colega, tendo terminado a temporada com uma taxa de eficácia no passe a rondar os 85%, registando uma média próxima de um passe para finalização por jogo. Muito inteligente nos momentos certos de ataque à bola, registou ainda uma taxa de acerto nos duelos aéreos de 65% e, isto, sem ser um jogador particularmente alto. Porém, o mais impressionante de todos os seus dados na temporada passada, prende-se com a sua eficácia no drible, mesmo sendo um jogador que não progride assim tantas vezes com a bola, gostando mais de aparecer em posições altas após combinação do que propriamente ser ele a conduzir a bola até posições no último terço. Com um acerto superior a 72% nos dribles tentados, Borchgrevink foi o jogador da Eliteserien que registou a maior taxa de eficácia no 1x1 ofensivo.

Apesar de todos estes atributos ofensivos que são aqueles pelos quais é mais conhecido, a verdade, é que Borchgrevink é um defensor sólido, muito inteligente e disciplinado posicionalmente, sendo também por isso que acaba por ler e antecipar tanto o jogo adversário. O lateral do Vålerenga IF é culto e maduro taticamente apesar dos tenros 21 anos de idade. Altamente completo, Borchgrevink é como que o melhor dos dois mundos possibilitados por Alexander-Arnold e Wan-Bissaka, segundo Edvin, um analista sueco, um jogador na linha de Reece James ou Lucas Digne.

Provavelmente fruto da posição em que joga, Christian Borchgrevink não recolhe o entusiasmo de outros jovens jogadores noruegueses, mas nem por isso o lateral direito do Vålerenga IF deixa de ser, para a sua posição, tão geracional como são Erling Haaland ou Martin Ødegaard, em mais uma demonstração do possível futuro poderio norueguês que também na lateral direita poderá vir a contar com um jogador de elite. Por esta altura já não é surpresa, mas não deixa sempre de entusiasmar: o futuro do futebol norueguês é incrivelmente brilhante.

Comentários

Related Posts

{{posts[0].title}}

{{posts[0].date}} {{posts[0].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[1].title}}

{{posts[1].date}} {{posts[1].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[2].title}}

{{posts[2].date}} {{posts[2].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[3].title}}

{{posts[3].date}} {{posts[3].commentsNum}} {{messages_comments}}

Recent Comments

Formulário de Contacto