Pages

NAATAN SKYTTÄ

fev. 9, 2021 0 comments

NAATAN SKYTTÄ

DOTADO DE UMA CAPACIDADE TÉCNICA MUITO ACIMA DA MÉDIA, NAATAN SKYTTÄ MOSTROU-SE UM JOGADOR DIFERENCIADO NA LIGA DO SEU PAÍS E RUMA AGORA A PARAGENS MAIS CONDIZENTE COM A SUA QUALIDADE. SKYTTÄ TRATA A BOLA COMO POUCOS E É POR ESTA ALTURA UM DOS MAIS PROMISSORES JOGADORES FINLANDESES DA ATUALIDADE.

Levezinho e de baixa estatura, Naatan Skyttä pode até parecer uma criança no meio de homens. Nos seus pés, a bola pode até parecer maior do nos de outros. Mas uma coisa é certa: em poucos ou nenhuns outros a bola é tão bem tratado como quando passa pelo jovem médio finlandês. Ágil, desconcertante, habilidoso e criativo, Skyttä fez das próprias limitações mais valias. Explodiu no país natal aos 18 anos e foi já contratado pelo Toulouse FC em mais uma lição de scouting dada pelo clube francês.

Natural de Ylöjärvi, nos arredores de Tampere, foi ao serviço do maior clube da região que Naatan Skyttä cresceu e se afirmou como futebolista. No FC Ilves desde sempre, estreou-se pelos Linces quando tinha apenas 16 anos, mas era ainda uma criança de 15 quando se sentou pela primeira vez no banco de um jogo da Veikkausliiga ao serviço do emblema amarelo e verde. Em época de estreia, Skyttä não foi além de 21 minutos. Natural, para tão jovem jogador.

Porém, pouco tempo passou até que se tornou figura de relevo no clube. Terminou a temporada 2019 da Veikkauliiga já como presença assídua no onze do Ilves, marcando e assistindo nos jogos finais da época dos Linces. Os registos de Skyttä nas últimas semanas de 2019 abriam o apetite para a época seguinte, mas talvez nem o próprio esperasse tamanho impacto. Em 2020, Skyttä participou em praticamente todos os encontros do FC Ilves numa temporada encurtada pela pandemia, contribuindo mesmo com sete golos e duas assistências para a época do quinto classificado.

Com um final de temporada particularmente impactante, Naatan Skyttä terminou a Veikkausliiga com cinco golos e uma assistência nos últimos seis encontros da mesma, tendo sido particularmente decisivo no empate frente ao KuPS e na vitória perante o IFK Mariehamm. Antes disso, logo ao início da época, já havia sido determinante nos encontros perante o HIFK e frente ao RoPS, terminando a campanha transata com influência direta em nove dos 36 pontos conquistados pelo FC Ilves.

Aos 18 anos, Naatan Skyttä é um dos mais promissores futebolistas finlandeses da atualidade, membro de uma geração que pode vir a ser muito relevante no futebol daquele país - Forrs, Lingman, Assenhoun, Valakari, Ala-Mylymäkki, etc. Era, seguramente, um dos mais talentosos a jogar no seu país natal e não surpreende que o Toulouse FC tenha perdido pouco tempo a retirá-lo da Finlândia logo após a explosão em contexto profissional. A fisicalidade do jovem finlandês pode até ser um problema numa liga tão física como a francesa, mas se os adversários nem chegarem perto de Skyttä, como poderá ele sofrer?

Fortíssimo na condução de bola, atributo claramente exponenciado pela fisionomia, baixo centro de gravidade e impressionante agilidade, Skyttä terminou a temporada finlandesa como um dos jogadores com mais dribles concretizados, bem como em média por 90 minutos na competição. Nem sempre com total sucesso em matéria de eficácia, mas acima de tudo por ser um criativo, um jogador que tenta desequilibrar e fazer coisas acontecer, e não ter medo de partir para cima do adversário. Algo que permitiu a Skyttä colocar-se muitas vezes em posição privilegiada para resolver, tendo terminado a Veikkausliiga como um dos jogadores com maior média de golos por 90 minutos jogados: um golo a cada dois jogos, sensivelmente.

Com uma qualidade técnica muito acima da média, Skyttä desenvolveu-se futebolisticamente de forma a contornar as limitações físicas e isso vê-se, também, na forma como pega na bola. Skyttä é um finalizador fabuloso capaz de transformar em golo as oportunidades menos óbvias fruto de uma qualidade técnica na finalização muito acima da média. Sintomático disso mesmo é o facto de ter apontado sete golos na Veikkausliiga em apenas 3.07 xG, mais do dobro em matéria de golos reais face ao esperado. Até na marcação de bolas paradas Naatan Skyttä é diferenciado, tendo apontado um golo de livre direto na temporada passada.

E se tudo isto não bastava, Skyttä foi também um dos melhores passadores da bola ao longo da época passada. Poucos jogadores na Veikkausliiga efetuaram mais passes criativos do que o médio ofensivo do FC Ilves que terminou mesmo a época como o jogador com maior taxa de eficácia no passe progressivo, algo particularmente impressionante dado o território de influência de Skyttä. Mesmo jogando numa zona do terreno onde o metro quadrado é mais caro e é mais difícil fazer progredir a bola com taxas de eficácia elevadas, Skyttä terminou a época com 90% de acerto no passe progressivo, bem cima dos 87% de Lucas Lingman, provavelmente o melhor e maior desequilibrador da Veikkasuliiga através do passe. Foi, também, um dos jogadores da competição com mais ações concretizadas no último terço do campo.

Dotado de uma capacidade técnica muito acima da média, Naatan Skyttä mostrou-se um jogador diferenciado na liga do seu país e ruma agora a paragens mais consonantes com a sua qualidade. Skyttä trata a bola como poucos e é por esta altura um dos mais promissores jogadores finlandeses da atualidade. Também na Finlândia são cada vez mais os médios de elevada qualidade técnica e dotados de uma criatividade e visão de jogo próprias dos países mais quentes. Skyttä é exemplo disso mesmo e aos 18 anos é já internacional sub-21 pela Finlândia depois de passagens pelo Sub-16, 17 e 19 do seu país. Vai, agora, à conquista de França.

Comentários

POSTS RELACIONADOS

{{posts[0].title}}

{{posts[0].date}} {{posts[0].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[1].title}}

{{posts[1].date}} {{posts[1].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[2].title}}

{{posts[2].date}} {{posts[2].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[3].title}}

{{posts[3].date}} {{posts[3].commentsNum}} {{messages_comments}}