Social Media Icons

Top Nav

ADAM CARLÉN

dez. 16, 2021 0 comments
Os dois últimos anos foram dos mais desafiantes e inesperados em largas décadas da história da humanidade. Para o futebol, a nível global, a pandemia que se alastrou pelo Mundo trouxe desafios para os quais nenhum clube tinha resposta. No futebol sueco os dois últimos anos foram particularmente diferentes daquilo que estávamos à espera e o Degerfors IF é uma das principais razões para tal. Afinal, passaram-se vinte e quatro anos desde a última vez que o clube marcou presença entre a elite do futebol do seu país e ao longo dos últimos meses, o DIF tem sido uma das equipas mais interessantes a pontuar as primeiras divisões do futebol sueco.

Entre Victor Edvardsen, Abdelrahman Saidi ou Adam Carlén, este em particular, estão algumas das grandes revelações da Allsvenskan em 2021. Se Edvardsen contribuiu com catorze golos e cinco assistências e se assumiu como a grande figura do clube (já o tinha sido em 2020) a ponto de ser nomeado para o prémio de melhor avançado da época – Saidi foi responsável por quatro golos e outras tantas assistências -, a contribuição dada por Adam Carlén foi particularmente influente e, de certa forma, equivalente à de Edvardsen. É que se um foi determinante para os golos marcados, o outro, Carlén, foi essencial para a prestação mais defensiva da sua equipa.

Aos 21 anos, Carlén leva já quase uma centena de jogos pela equipa do Degerfors IF, mas já antes disso havia pisado terrenos na terceira e quarta divisão do seu país ao serviço do IFK Mariestad. Apesar de ter chegado ao Degerfors IF em 2017, foi já em 2019 que Carlén se estreou na segunda liga sueca, mas desde então tem cimentado a sua posição no clube e assumindo-se como um médio com potencial para chegar à seleção nacional. Afinal, por esta altura, e apesar de serem vários os médios de qualidade no futebol sueco, Carlén tem um perfil único: É um monstro defensivo e um facilitador que lhe permite, quase sozinho, segurar todo o meio-campo da sua equipa.

CARLÉN É UM MÉDIO NÓRDICO À ANTIGA REFINADO PELA EVOLUÇÃO FUTEBOLÍSTICA NAQUELES PAÍSES. ALTO, LOIRO, MAS POUCO TOSCO, O MÉDIO DO DEGERFORS IF ACRESCENTA MAIS DO QUE APENAS PRESENÇA FÍSICA. É FORTE POSICIONALMENTE E OFERECE FLUIDEZ À ORGANIZAÇÃO OFENSIVA DA SUA EQUIPA.

Do alto do seu metro e noventa e dois, aliado aos oitenta e cinco quilos que pesa, Carlén é uma figura imponente no miolo do terreno do Degerfors IF. Com características e mais valias claramente no lado mais defensivo do meio-campo, estabeleceu-se como um dos melhores médios da Allsvenskan em 2021 e não acusou a pressão da subida de patamar, tendo sido fundamental para a campanha de manutenção do DIF, tal como já havia sido determinante para a promoção histórica do clube. Terminou 2021 como um dos jogadores da Allsvenskan com melhor percentagem de duelos vencidos face aos disputados e isso permitiu-lhe ser um dos jogadores da competição com mais recuperações de bola efetuadas.

Nenhum jogador venceu tantos duelos defensivos como Adam Carlén na Allsvenskan em 2021 e poucos foram os que a terminaram com melhor eficácia nos duelos do que o médio sueco de 21 anos. Carlén foi o jogador da Allsvenskan que mais tackles venceu em 2021 e apesar de ser claramente um jogador mais forte do ponto de vista defensivo, foi também importante ofensivamente para o Degerfors. Apenas três jogadores do clube recém-promovido efetuaram tantos passes como Carlén (não foi, por isso, apenas um farol defensivo, mas peça central por onde passou todo o jogo do clube), tendo mesmo terminado a temporada com duas assistências e dezesseis passes para finalização efetuados, números muito interessantes para um médio defensivo. Ainda assim, alguma lentidão de processos e parca velocidade poderão levar a que a tendência venha a ser recuar no terreno, até porque em condução, mesmo tendo em conta alguma falta de agilidade, Carlén é difícil de parar quando embalado e a partir de terrenos mais recuados isso poderá ser diferenciador e desequilibrador.

Com apenas uma internacionalização Sub-21 pelo seu país, Adam Carlén foi uma das grandes revelações da temporada sueca mesmo que tivesse acabado fora das nomeações para tal prémio. Depois de se ter estabelecido como peça fundamental do Degerfors IF em 2020, Carlén apenas não participou em dois encontros da Allsvenskan em 2021 e em praticamente todos os jogos que disputou cumpriu os 90 minutos. Em apenas três ocasiões isso não sucedeu, tendo mesmo terminado a temporada em alta com duas assistências nos dois últimos encontros que foram determinantes para a manutenção da equipa com dois triunfos. Ameaça também nas bolas paradas ofensivas dada a sua estatura, em 75 encontros disputados pelo Degerfors, Carlén leva seis golos.

A juventude, perfil especial e reduzido hype fruto de jogar numa equipa pouco expressiva fazem de Adam Carlén um jogador de potencial apetecível principalmente para equipas de competições mais físicas como Inglaterra ou Alemanha. A sua imposição física e atleticismo permitem-lhe ter a intensidade desejada para tais contextos, destacando-se pelo índice de trabalho e suor deixado em campo. Carlén é um médio nórdico à antiga refinado pela evolução futebolística naqueles países. Alto, loiro, mas pouco tosco – ainda que pouco móvel o que o expõe com relativa facilidade jogando num meio-campo a dois -, o médio do Degerfors acrescenta mais do que apenas presença física. É forte posicionalmente e oferece fluidez à organização ofensiva da sua equipa, mesmo que a sua construção seja maioritariamente curta e de risco nulo. Como defesa central ou pivot único à frente da defesa pode atingir um nível interessante.

Comentários

Related Posts

{{posts[0].title}}

{{posts[0].date}} {{posts[0].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[1].title}}

{{posts[1].date}} {{posts[1].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[2].title}}

{{posts[2].date}} {{posts[2].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[3].title}}

{{posts[3].date}} {{posts[3].commentsNum}} {{messages_comments}}

Recent Comments

Formulário de Contacto