Pages

HJALMAR EKDAL

dez. 14, 2021 0 comments
HJALMAR EKDAL

ALTO, FORTE E DOTADO DE UMA CAPACIDADE TÉCNICA MUITO ACIMA DA MÉDIA PARA A POSIÇÃO, É UMA QUESTÃO DE TEMPO ATÉ QUE TENHAMOS UM NOVO EKDAL VESTIDO DE AMARELO E AZUL. HÁ QUEM LHE CHAME MALDINI DE ESTOCOLMO

A perda de Anel Ahmedhodžić para a seleção da Bósnia-Herzegovina será seguramente uma ferida difícil de sarar e um fantasma que assombrará o futebol sueco durante a próxima década e meia. A falta de profundidade na posição obrigou mesmo a que, em setembro, face à ausência de Filip Helander por lesão e à renúncia de Pontus Jansson, Janne Andersson se visse obrigado a chamar de novo Marcus Danielsson, enquanto Joakim Nilsson assumiu o lugar ao lado de Victor Lindelöf. Em casa, Hjalmar Ekdal esperou um telefonema que nunca chegou. Até podia ter sido o irmão a dar-lhe a notícia, mas era demasiado cedo para si, aparentemente, mesmo depois de uma temporada em que se assumiu como um dos melhores defesas centrais da Allsvenskan.

Hjalmar Ekdal não tem uma segunda nacionalidade que lhe permita um plano alternativo tal qual aconteceu com o ainda defesa central do Malmö FF, mas tal como sucedera com Anel Ahmedhodžić, também o irmão mais novo de Albin se viu desde cedo na carreira obrigado a decisões difíceis de tomar. Sem espaço no Hammarby IF, onde acabou por nunca jogar, Hjalmar não teve sequer de atravessar a rua e depois de uma temporada por empréstimo no IK Sirius onde sobressaiu, confirmou todo o seu potencial na Tele2 Arena, sim, mas ao serviço do Djurgårdens IF.

Nascido em Estocolmo e mais um dos produtos da impressionante formação do IF Brommapojkarna (tal como o irão, aliás), Hjalmar Ekdal deixou a Suécia em 2017 rumo aos Estados Unidos para estudar. Do outro lado do Atlântico manteve-se ativo ao serviço do UNC Wilmington Seahawks, equipa que ajudou a chegar à final do CAA Men's Soccer Tournament regressando no ano seguinte ao seu país pela mão do IK Frej, então clube com relações estreitas com o Hammarby IF, não surpreendendo a sua chegada ao Bajen meses mais tarde. Foi, porém, no grande rival que acabou brilhar.

O foco estava sobre si, mas Hjalmar Ekdal não se deixou afetar. Com a mesma personalidade que trocou o Bajen pelo maior rival, assumiu-se como um dos melhores defensores da temporada sueca em 2021 terminando-a entre os nomeados para melhor defensor da competição, galardão que acabou mesmo por vencer suplantando Erick Otieno (AIK) e Alexander Milosevic (AIK). De perfil moderno, Hjalmar Ekdal não é apenas um bom defensor. Foi o primeiro atacante do Djurgården, estabelecendo-se como um dos defesas nórdicos com maior capacidade para dar início à construção e um dos mais progressivos, quer pelo passe, quer pela condução de bola.

Hjalmar Ekdal foi por isso uma das grandes confirmações da temporada na Suécia. Depois das boas indicações deixadas no Sirius pela mão de Henrik Rydström, o jovem central de 23 anos impôs-se imediatamente num dos principais candidatos ao título, luta que encetou até bem perto do final da competição. Completo, Ekdal impressionou defensivamente, mas foi a sua contribuição ofensiva que o diferenciou particularmente. Terminou a temporada com quatro golos marcados, mas, mais do que isso, como um dos defesas centrais mais progressivos da competição terminando-a com uns impressionantes 90.28% de acerto no passe.

Não foi só no passe que Hjalmar Ekdal se estabeleceu como um desequilibrador em zonas baixas do terreno. O defesa central do Djurgården foi mesmo um dos jogadores da liga sueca com mais corridas progressivas efetuadas e, entre os defesas centrais, acabou apenas batido por Sebastian Ohlsson (Degerfors IF) nesse aspeto. Hjalmar Ekdal é fortíssimo a fugir à pressão através da condução de bola, funcionando como um dos primeiros disruptores ofensivos da sua equipa. Apenas onze jogadores terminaram a Allsvenskan 2021 com mais metros percorridos com a bola nos pés, em progressão, e apenas dois deles eram defesas centrais (Sebastian Ohlsson, mas também Jamie Roche do IK Sirius).

Como bom defesa central que se preze, porém, Hjalmar Ekdal não foi apenas impressionante do ponto de vista ofensivo. Defensivamente sólido, foi determinante para a boa temporada defensiva conseguida pela equipa do Djurgården que terminou a época com a quarta defesa menos batida da competição, tendo sido mesmo a terceira com o melhor registo de golos sofridos esperados, apenas superado por AIK e Malmö FF. Ekdal venceu 62.5% dos duelos que disputou (registo bem acima da média e entre os doze melhores sub-23 da competição)e fruto do seu metro e oitenta e oito foi também uma barreira quase intransponível pelo ar. Apenas Adam Carlén terminou a época com mais duelos aéreos vencidos entre os Sub-23 da Allsvenskan. Entre estes, Ekdal foi aquele que mais duelos disputou dentro da própria área, o que mais venceu e o que registou melhor eficácia nesse índice.

Mais impressionante do que tudo isto, porém, acabarem por ser os registos conseguidos por Hjalmar Ekdal em matéria de interceções conseguidas no meio-campo adversário, em média, por 90 minutos. O defesa central do Djurgården foi um dos jogadores da Allsvenskan que mais interceções conseguiu nessa zona do campo, sintomático da capacidade para defender bem alto no terreno que lhe é característica e é determinante para uma equipa de topo no futebol atual. Ekdal gosta de defender atacando o espaço à sua frente e fruto da sua inteligência posicional e capacidade de leitura de jogo fá-lo com eficácia.

Por tudo isto, Hjalmar Ekdal é um defesa central cujas características lhe permitem sonhar com uma chegada a um clube muito relevante de uma das grandes ligas europeias (já foi associado, por exemplo, ao US Sassuolo), atingindo um patamar em muito semelhante ao ocupado pelo compatriota, e agora capitão da seleção nacional, Victor Lindelöf. Alto, forte e dotado de uma capacidade técnica muito acima da média para a posição, é uma questão de tempo até que tenhamos um novo Ekdal vestido de amarelo e azul. Não por falta de opções, mas por meritocracia. Hjalmar Ekdal é um defesa central como mandam as regras do futebol contemporâneo.

Comentários

POSTS RELACIONADOS

{{posts[0].title}}

{{posts[0].date}} {{posts[0].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[1].title}}

{{posts[1].date}} {{posts[1].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[2].title}}

{{posts[2].date}} {{posts[2].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[3].title}}

{{posts[3].date}} {{posts[3].commentsNum}} {{messages_comments}}