Pages

IGOH OGBU

dez. 20, 2021 0 comments
IGOH OGBU

COM BOLA E SEM ELA, POUCOS DEFESAS CENTRAIS OFERECEM TANTO COMO IGOH OGBU ENTRE AQUELES QUE JOGAM ATUALMENTE NAS PRINCIPAIS LIGAS NÓRDICAS. INCRIVELMENTE ATLÉTICO, SÓLIDO POSICIONALMENTE, CULTO TATICAMENTE E UM EXCELENTE CONSTRUTOR CURTO E LONGO; FORTE TAMBÉM A QUEIMAR LINHAS EM POSSE, IGOH OGBU TEM DE TUDO UM POUCO

Incrivelmente atlético, sólido posicionalmente, culto taticamente e um excelente construtor curto e longo; forte também a queimar linhas em posse, Igoh Ogbu tem de tudo um pouco e em dois nomes de origem nigeriana facilmente se resumem as dificuldades sentidas pelo Rosenborg nos últimos anos. Sem espaço no clube de Trondheim, Ogbu passou duas temporadas por empréstimo no Sogndal antes de sair em definitivo para o Lillestrøm e um ano após se ter estabelecido como uma das figuras da segunda divisão norueguesa, o nigeriano de 21 anos não acusou a subida de patamar. Em poucos meses afirmou-se como um dos melhores na Eliteserien, tendo sido um dos principais responsáveis pela surpreendente temporada conseguida pelo histórico clube norueguês. A perda de um, foi o ganho de outro.

Aos 21 anos e com bom histórico nas camadas jovens da Nigéria, Igoh Ogbu é um defesa central com um teto tão alto que promete afirmar-se, de certa forma, como um novo Tapsoba. Positivamente conservador nas suas ações, não é um central que procure ser particularmente agressivo, nem nos duelos, nem em ações de ataque ao espaço – o que lhe limita bastante os números conseguidos em matéria de recuperações de bola em zonas altas do terreno, mas reduz a imprevisibilidade negativa e irracionalidade de ações comuns em defesas centrais da sua idade -, mas aquilo que oferece a defender em blocos médios ou mais baixos, aliado ao potencial ofensivo, faz de Ogbu um dos defesas centrais mais completos a atuar no Norte da Europa.

Relativamente alto, Ogbu é bastante forte no jogo aéreo tendo terminado a temporada com registos impressionantes em matéria de duelos aéreos e eficácia nos mesmos. Desaproveitado no Rosenborg, passou as épocas mais recentes ao serviço de clubes na segunda divisão norueguesa e estabeleceu-se em 2021 como um dos melhores defesas centrais da Eliteserien. Dada a ascensão meteórica alcançada pelo defensor, aliado a um perfil altamente apetecível para equipas belgas ou alemãs (veja-se Joseph Okumu ou, lá está, Edmond Tapsoba), é fácil de antever um inverno movimentado para Igoh Ogbu.

Defensivamente, Igoh Ogbu foi um muro quase intransponível e foi muito graças a ele que o Lillestrøm terminou a temporada de regresso à Eliteserien na quarta posição. Foi muito por culpa do defesa central nigeriano que o clube dos arredores de Oslo terminou a época com o quarto melhor registo em matéria de golos sofridos esperados e, mais do que isso, com a terceira melhor defesa da competição. O conjunto amarelo e preto impressionou do ponto de vista defensivo e não surpreende que Ogbu tenha terminado a época com um impressionante registo de 75% de duelos vencidos. Entre os habituais titulares na competição, apenas três defesas centrais terminaram a época com um registo superior e, pelo ar, também poucos superaram o nigeriano.

Sete vezes internacional pelos U20 nigerianos, com presença na Taça das Nações e Mundial da categoria em 2019, é difícil imaginar Igoh Ogbu longe das opções da principal equipa da Nigéria muito mais tempo depois de uma temporada de alto nível ao serviço do Lillestrøm. Mais difícil, ainda, é imaginar Ogbu retornar com o clube para a temporada 2022, estando um salto para um liga de outra dimensão perfeitamente ao alcance do jovem de 21 anos já este janeiro. Com bola e sem ela, poucos defesas centrais oferecem tanto como Igoh Ogbu entre aqueles que jogam atualmente nas principais ligas nórdicas de futebol.

Se defensivamente Igob Ogbu impressionou na solidez e por vezes incaracterística inteligência posicional, é na capacidade para construir jogo que Ogbu se revela diferenciador. O jovem nigeriano terminou a temporada acima dos 90% de eficácia no passe e entre os U21 da liga norueguesa só quatro terminaram a época com uma eficácia superior em matéria de passes longos. Curto ou longo, Igob Ogbu revelou-se como um dos defesas centrais com maior capacidade de construção de jogo tendo sido um dos dez U21 que mais metros fez a sua equipa progredir através do passe. Além disso, e apesar de alguma falta de velocidade de ponta, Ogbu revelou uma grande capacidade para fugir à pressão em condução, oferecendo variabilidade ao início de construção do Lillestrøm.

A falta de explosividade e velocidade pura poderão limitar a chegada de Ogbu ao topo dos topos face à limitação que impõe a blocos mais altos e altamente pressionantes, mas aquilo que oferece em blocos médios/baixos e a equipas que não procurem pressionar alto no terreno não tem par entre os jogadores que atuam no Norte da Europa e, isso, viu-se perfeitamente esta temporada. Ogbu é uma muralha defensiva que oferece soluções, solidez e segurança, também, à primeira fase de construção da sua equipa sendo ainda uma verdadeira ameaça em situações de bola parada ofensiva dada a imponência que tem no jogo aéreo.

Falta de velocidade que acaba por ser compensada com um posicionamento eficaz e disso é sintomático o facto de ter terminado a temporada entre os jogadores com mais remates bloqueados. A fisionomia ajuda, mas estar no sítio certo, ainda mais. Entre os U21 da Eliteserien 2021, Igoh Ogbu foi ainda o terceiro jogador com mais interceções realizadas e fica a dúvida se, numa equipa que defenda mais alto, a impecável leitura de jogo e posicionamento do jovem defensor não ajudarão também a compensar a sua velocidade de sprint. Como tudo na vida, só o tempo dirá, mas tendo em conta a evolução de Ogbu ao longo dos últimos meses e a facilidade com que dominou a competição na primeira divisão norueguesa, nada faz crer que o seu patamar se fique por aí.

Comentários

POSTS RELACIONADOS

{{posts[0].title}}

{{posts[0].date}} {{posts[0].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[1].title}}

{{posts[1].date}} {{posts[1].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[2].title}}

{{posts[2].date}} {{posts[2].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[3].title}}

{{posts[3].date}} {{posts[3].commentsNum}} {{messages_comments}}